Em audiência realizada no dia 19/04 no Ministério Público do Trabalho com o procurador Dr. Alberto Emiliano de Oliveira Neto, ficou definido prazo de 30 dias para o Secovi responder a proposta de acordo mediada pela Procuradoria e defendida pelo Sindicon e União Geral dos Trabalhadores (UGT-PR), representada pelo presidente Manassés Oliveira.

Em fevereiro o Sindicon passou a ser filiado à UGT, a maior Central sindical no Paraná, que assumiu o compromisso de, junto com os sindicatos, defender as negociações coletivas para todas as categorias no estado. “Quando os sindicatos se unem a uma central, eles têm mais força para defender suas reivindicações e a UGT está somando forças para o mais rápido fechamento dessas negociações junto ao Sindicon, afirmou Manassés.

As expectativas dos diretores do Sindicon na audiência são pelo entendimento das partes e, entre outros itens, por aumento de salário e tíquetes o mais breve possível, para que os trabalhadores tenham uma resposta em breve.

Fonte: Sindicon

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − dez =