Foto: Ricardo Patah (presidente nacional da UGT),

Cida Borghetti (ex-governadora do Paraná)

e Paulo Rossi (ex-secretário de Estado do Trabalho do Paraná)

A Agência Francesa de Desenvolvimento(AFD), investirá cerca de R$ 7 milhões num projeto piloto voltado ao fortalecimento da política pública de intermediação de mão de obra, através das Agências do Trabalhador do Paraná. O investimento acontece principalmente em sistemas de tecnologia para atendimento ao público paranaense.
O Paraná foi escolhido dentre outras coisas pela liderança à frente da intermediação e colocação de mão de obra através do sistema público de emprego.
Paulo Rossi, presidente da UGT-PARANÁ e do SINEEPRES, e ex-secretário de Estado do Trabalho e Relações com a Comunidade, comemorou a iniciativa da AFD, lembrando que em 2018 quando exerceu o cargo de Secretário do Trabalho durante o governo Cida Borghetti, o Paraná foi o campeão nacional na intermediação e colocação através das Agências do Trabalhador, e ocupou a 3ª colocação no ranking nacional na geração de empregos, conforme dados do CAGED/Ministério do Trabalho. “O Paraná é um case de sucesso, pois temos servidores altamente qualificados, e em nossa gestão pudemos inovar com ações de empregabilidade, como por exemplo a realização de mutirões do emprego e da qualificação profissional em parceria com a iniciativa privada”.
*Fonte: AEN/PR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + oito =