Dirigentes da Regional Oeste da UGT-PARANÁ reuniram-se nesta segunda-feira(5/12), na cidade de Cascavel.

Em pauta as perspectivas dos movimentos social e sindical frente ao governo Lula e a realização dos congressos nacionais e estadual da UGT.

O presidente da UGT Regional Oeste, Antônio Martins(Toninho Frentista), destacou o trabalho da central, principalmente nas políticas públicas na área da saúde, conclamando os dirigentes das entidades filiadas a participarem ativamente nas conferências de saúde em 2023.

Clair Spanhol, presidente da Fetracoop, falou sobre o processo eleitoral e sobre a necessidade do movimento sindical ter unidade para buscar a representatividade nos parlamentos.

Ângela Mereles, presidente do Siemaco/Cascavel, destacou a importância dos trabalhadores se atentarem para as reformas que o futuro governo apresentará e que venham de encontro aos anseios da população carente.

Rosecler Zorzo, presidente do Sindicato dos Comerciários de Toledo, falou da necessidade da classe trabalhadora fortalecer as políticas de valorização das entidades sindicais, pois são os sindicatos que lutam por melhores salários e condições de trabalho.

Por fim, o presidente da UGT-PARANÁ, Paulo Rossi, agradeceu a presença de cada dirigente e do apoio que recebeu no processo eleitoral. Rossi falou ainda sobre os congressos da UGT que irão acontecer no dia 14 de fevereiro da UGT-PARANÁ em Curitiba e da UGT nacional nos dias 9 e 10 de maio em São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + onze =