Na manhã do dia 27/07 (quinta-feira) foi realizada na sede da FECEP (Federação dos Empregados no Comércio do Estado do Paraná) a reunião de apresentação do projeto “Sindicando” que visa construir uma grande rede de sindicatos em apoio a cidadania e aos direitos trabalhistas para os imigrantes. A presidente em exercício da UGT-PR, Marisa de Fátima Chemeres de Lima, foi representada pelo presidente da FECEP, Leocides Fornazza. O debate também contou com a participação da presidente do sindicato dos profissionais da beleza e estética do Paraná, Cleusa Mariano, que é secretária do terceiro setor da UGT nacional e membra da diretoria estadual.

Diretores do CDHIC (Centro de Direitos Humanos e Cidadania do Imigrante) e da Organização Internacional de Direitos dos Trabalhadores Solidarity Center estiveram presentes na reunião, apresentando o projeto que oferece oficinas de capacitação e busca através da força dos sindicatos, melhores acordos coletivos de trabalho para os imigrantes. A rede já conta com reuniões em cidades como: Manaus, Recife, Belo Horizonte, Chapecó, São Paulo, Rio de Janeiro, Dourados.

O Assessor da Diretoria da CDHIC, Josenildo Melo, explica: “Pelo fato de desconhecerem as leis trabalhistas brasileiras, muitos imigrantes se tornam facilmente suscetíveis a situações de trabalho precárias, que chegam muitas vezes a serem análogas à mão de obra escrava, por isso o projeto tem como essência justamente aproximar o trabalhador do sindicato e o sindicato do trabalhador”.

Também foi conversado sobre a realização da Oficina de Cidadania e Direitos trabalhistas para imigrantes e refugiados, que possivelmente acontecerá entre os dias 26 e 27 de agosto de 2022 na sede da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário do Paraná (FETRACONSPAR).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + 15 =