A UGT-PARANÁ, central sindical de trabalhadores, vem a público cobrar das autoridades do poder judiciário, executivo e legislativo, a imediata apuração e punição aos policiais rodoviários federais que covardemente assassinaram o trabalhador Genivaldo de Jesus Santos, crime cometido no dia 25/5, em Umbaúba, Sergipe.
Esses bandidos e criminosos, que encontravam-se fardados de policiais, envergonham a verdadeira polícia – que sempre preza pela defesa da população. Ao abordar esse cidadão, negro, pobre e esquizofrênico, e ainda por cima utilizarem práticas nazistas para torturar esse trabalhador, demonstra total abuso de autoridade por parte desses criminosos.
Esperamos que a Lei se cumpra, e que esses bandidos sejam exemplarmente punidos, principalmente com a perda dos cargos pagos pela população e com o cumprimento de pena em regime fechado.
Nossa solidariedade aos familiares e amigos pela perda que jamais será reparada.
Genivaldo, presente!
Curitiba-PR, 27 de maio de 2022.
DIREÇÃO ESTADUAL DA UGT-PARANÁ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 5 =