Bancos estão demitindo em massa, denuncia Gladir Basso
Data: 26-10-2020 | Publicado por: UGT - Paraná

Bancos estão demitindo em massa, denuncia Gladir Basso

gla_reel.jpgO sindicalista Gladir Basso, integrante do colegiado de vice-presidentes da UGT-PARANÁ, presidente da Federação dos Bancários do Estado do Paraná (Feeb-PR) e do Sindicato dos Bancários de Cascavel, vem denunciando as demissões em massa que estão sendo praticadas pelos bancos privados, entre eles Bradesco, Itaú e Santander, em plena pandemia do novo coronavírus. Somente no Bradesco, ocorreram mais de 1.000 demissões nos últimos meses.

Em recente entrevista à TV Tarobá, Gladir  Basso denunciou que essas demissões ocorrem apesar dos altíssimos lucros que os bancos vêm obtendo. Acrescentou que as demissões em massa comprometem os atendimentos nos bancos, devido à falta de funcionários, e prejudicam também a população, que é empurrada para as grandes e demoradas filas. O dirigente sindical informou ainda que o movimento sindical está acionando o Ministério Público do Trabalho para frear essas dispensas de bancários.  

Confira a entrevista abaixo.
https://tarobanews.com/noticias/economia/demissoes-em-bancos-tem-preocupado-categoria-pd6m9.html?fbclid=IwAR1cmfWErtFOOkzoJuMfthJVYrPuOColW4ZecYbHT74UsU94RLD4aZMUvmc

Post Mario de Gomes
Fonte/foto: Feeb-PR

Secretário de Comunicação UGT-PARANÁ
João Riedlinger