Parceria da UGT-PARANÁ e Instituto MM é tema de encontro de organização sindical em Curitiba
Data: 14-02-2020 | Publicado por: UGT - Paraná

Parceria da UGT-PARANÁ e Instituto MM é tema de encontro de organização sindical em Curitiba

pa_imm-01.jpgDirigentes sindicais de mais de 70 entidades filiadas à UGT participaram da reunião extraordinária da UGT-PARANÁ, na tarde de quarta-feira, 12/2, na sede da Fesmepar (Federação dos Servidores Públicos do Paraná), em Curitiba (PR).

Na pauta do encontro importantes temas para a organização sindical: a parceria da UGT-PARANÁ com o Instituto Mundo Melhor, que irá disponibilizar aos sindicatos mais de 200 cursos de capacitação e formação profissional, para serem ofertados aos associados das entidades; informes de atualização sobre a PEC 905, que altera importantes pontos da CLT e;  a reforma sindical, com a inclusão da carteira de trabalho Verde Amarelo; informes sobre o seminário da Feaconspar (Federação dos Trabalhadores em Asseio e Conservação do Paraná),  em Foz do Iguaçu, dias 19 e 20/2; do Seminário da FECEP (Federação dos Comerciários do Paraná) em Guaratuba, dias 27 e 28 de março.

O presidente da UGT-PARANÁ, Paulo Rossi, agradeceu  a presença dos dirigentes ugetistas das diversas regiões paranaenses e falou sobre a PEC 905  e as maldades que essa Proposta de Emenda à Constituição  traz para a classe trabalhadora, “ os trabalhadores não têm nem ideia do que está embutido nessa PEC, que vem precarizar ainda mais as relações de trabalho, retirando direitos historicamente conquistados, e o que é pior, temos um grande número de deputados federais e senadores a favor dessa exploração dos trabalhadores, uma vergonha para o Congresso Nacional, que deveria, ao contrário, buscar o equilíbrio de direitos para a sociedade”, disse Rossi. O presidente da UGT também falou dos seminários da FECEP e da Feaconspar e da importância desses encontros para a organização sindical: “o governo Temer já tentou e agora o de Bolsonaro não mede esforços para acabar com os sindicatos, federações, confederações e centrais sindicais. Por detrás desses ataques diretos estão os interesses patronais que querem explorar ainda mais os trabalhadores. Por isso é muito importante que os sindicatos e suas entidades superiores conversem e se se organizem para enfrentar as muitas dificuldades que ainda estão por vir” Rossi ainda lembrou que além da PEC 905, o governo já gestou a PEC 196, que trata da reforma sindical.

O presidente da UGT-Norte, com sede em Londrina, o sindicalista Marcelo Urbaneja lembrou que esse para esse ano teremos as eleições municipais e é tempo do movimento sindical se organizar e começar a mudar as bases da política, que é nas prefeituras e Câmaras de Vereadores, para Urbaneja, “os trabalhadores têm de eleger trabalhadores, chega de ouvir esses discursos vazios de candidatos nem um pouco comprometidos com os trabalhadores”.

Na abertura do encontro a UGT participaram da mesa de abertura o presidente da  Regional Oeste, Antônio Vieira; o presidente da Fetracoop, Clair Spanhol; a vice-presidente estadual da UGT-PARANÁ, Marisa de Fátima Chemeres;  o representante da UGT no Conselho Estadual do Trabalho, o sindicalista Paulo Sérgio; a secretária-Geral da UGT-PARANÁ, Iara Freire; e o presidente da Fesmepar, Luiz Carlos Silva de Oliveira.

Para falar sobre a parceria da UGT com o Instituto Mundo Melhor palestraram a gestora Fernanda Matos Celano e o coordenador Orion Barbosa, integrantes do IMM. Os dois explicaram detalhadamente a plataforma disponibilizada gratuitamente à UGT e seus sindicatos filiados, com mais de 150 cursos em diversas áreas, todos com certificação da UNOPAR, com a possibilidade de agregarem carga horária em cursos acadêmicos e planos de carreira no serviço público. Essa plataforma de cursos faz parte do compromisso social do Grupo MM, com sede em Ponta Grossa (PR), destacou Orion.  “Dessa forma os trabalhadores, por meio de seus sindicatos, poderão ter acesso aos cursos, todos em EAD (Educação à Distância), se qualificando e obtendo conhecimento em diversas áreas”.

Por sua vez, Fernanda Matos explicou a funcionalidade da plataforma e as formas de navegação tanto dos administradores sindicais, quanto dos associados da entidade.  “São cursos certificados e que podem ser feitos até mesmo pelo celular, basta o aluno baixara o aplicativo e estar cadastrado por meio de seu sindicato”.

O presidente a UGT, Paulo Rossi destacou ainda que essa plataforma de cursos é uma das formas dos sindicatos se aproximarem ainda mais de suas bases, oferecendo benefícios que fazem de fato a diferença para o mundo do trabalho, com qualificação e profissionalização, e que a UGT-PARANÁ disponibilizará em seu site um portal para os sindicatos acessarem diretamente a plataforma do Instituto Mundo Melhor.

pa_imm-04.jpg
Iara Freire e Paulo Rossi
pa_imm-03.jpg
Fernanda Matos
pa_imm-02.jpg
Orion Barbosa

pa_imm-05.jpg
Dirigentes sindicais ugetistas do Paraná lotaram o auditório
da Fesmepar, em Curitiba

 

 

Para conhecer os cursos do IMM, CLIQUE AQUI

Para acessar o portal do IMM, CLIQUE AQUI

Para ver o passo a passo do portal IMM, CLIQUE AQUI

 

Post Mario de Gomes
Fotos: MGS
Secretário de Comunicação João Riedlinger