UGT-PARANÁ é homenageada pelos seus 10 anos na Assembleia Legislativa do Paraná
Data: 08-03-2018 | Publicado por: UGT - Paraná

UGT-PARANÁ é homenageada  pelos seus 10 anos na Assembleia Legislativa do Paraná

10alep-01.jpg

 

Paulo Rossi (E), Ney Leprevost e Ricardo Patah, na homenagem aos 10 anos da UGT-PARANÁ, na ALEP

 

Os 10 anos de criação da União Geral dos Trabalhadores do Estado do Paraná - UGT-PARANÁ, foram comemorados nessa terça-feira, 7 de março, com uma sessão solene no plenário da Assembleia Legislativa do Paraná, com a presença de lideranças sindicais, políticas, profissionais da imprensa e da sociedade civil organizada.  Além de destacar as tantas atividades da central no estado ao longo desses 10 anos, a solenidade agraciou diversas personalidades que contribuíram para o mundo do trabalho.

A proposição da homenagem partiu do deputado estadual Ney Leprevost (PSD), que ao abrir a sessão destacou algumas das ações da UGT: “essa sessão de hoje marca o reconhecimento que temos à  UGT como a maior central sindical paranaense à frente de importantes lutas estaduais e nacionais, dentre elas a da política de valorização do salário mínimo paranaense; a campanha da saúde, com a distribuição gratuita  a todos os trabalhadores da vacina contra o vírus H1N1; a campanha pela redução dos juros dos cartões de crédito; a divulgação dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e suas 169 metas da ONU, e pelo empenho na organização da classe trabalhadora. 

Para compor a mesa dos trabalhos foram convidados o presidente nacional da UGT, Ricardo Patah, o presidente da UGT-PARANÁ, Paulo Rossi, o presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche, o presidente da Fecep - Federação dos Comerciários do Paraná, Vicente Silva, o presidente da Fesmepar - Federação dos Servidores Públicos do Paraná, Luiz Carlos Silva de Oliveira, o presidente da Feaconspar - Federação dos Empregados em Asseio e Conservação do Paraná, Manassés Oliveira,  o presidente da Fetracoop - Federação dos Trabalhadores em Cooperativas do Estado do Paraná, Clair Spanhol, a diretora da Feeb/PR - Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários do Paraná e secretária-Geral da UGT-PARANÁ, Iara Freire, o presidente da UGT-Santa Catarina, Waldemar Schulz, o presidente da Comissão de Direito Sindical da OAB/PR, Dr. André Passos, o vice-presidente da Associação Comercial do Paraná, Odone Martins, o ex-deputado federal Eduardo Sciarra e o presidente da UGT Litoral do Paraná e vereador em Paranaguá, Jaime Ferreira dos Santos.

O presidente nacional da UGT, Ricardo Patah, destacou a importância da UGT-PARANÁ no cenário nacional: “a UGT paranaense é referência em todo país por sua organização, liderança e acima de tudo, por sua competência de articulação política em todas as instâncias. Por isso a UGT, desde sua criação no Paraná se consolida como a maior central sindical paranaense. Estão de parabéns todas as entidades filiadas que construíram ao longo desses 10 anos essa bela história no movimento sindical”, disse Patah.

Já o presidente da UGT-PARANÁ, Paulo Rossi, além de agradecer aos filiados da central, lembrou que a fundação da UGT no estado se deu em 8 de março de 2018, justamente em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, “essa data é muito significativa para todos nós, homens e mulheres que lutamos por um mundo mais justo e digno. Comemorarmos esses 10 anos aos lado dessas tantas guerreiras, com a participação efetiva das mulheres no mundo sindical mostra-nos que muito já foi conquistado, mas muito ainda temos de lutar pra que haja a real igualdade de gênero no mundo do trabalho”. Ao falar  de algumas ações recentes da central que projetam a UGT no cenário internacional Rossi destacou  a Agenda 2030 da ONU: “ o seminário nacional sobre os ODS - Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (que compõem a Agenda 2030 da ONU),  realizado recentemente em Foz do Iguaçu, alcançou uma dimensão internacional, sendo referência  para a OIT - Organização Internacional do Trabalho estabelecer atividades mundiais sobre o tema no 3º setor”, adiantou Rossi. O dirigente aproveitou a oportunidade para reforçar o compromisso da central com a classe trabalhadora, “estamos vivendo tempos  difíceis para a organização sindical, com uma reforma trabalhista imposta aos trabalhadores por um governo que administra o país para os maus empresários, com a retirada de direitos históricos dos trabalhadores. Estamos enfrentando ainda a precarização dos vários serviços públicos que atingem diretamente a qualidade de vida da classe trabalhadora. E contra tudo isso a UGT ergue-se cada vez mais forte e unida, reafirmando nosso preceito de praticar um sindicalismo cidadão, ético e inovador”.

10alep-03.jpg

Presidente nacional da UGT, Ricardo Patah,

10alep-02.jpg

Presidente da UGT-PARANÁ, Paulo Rossi

10alep-04.jpg

Presidente da Feaconspar, Manassés Oliveira

10alep-05.jpg

Presidente da Fecep, Vicente Silva

10alep-06.jpg

Presidente da Fesmepar, Luiz Carlos Silva de Oliveira

10alep-07.jpg

Diretora da Feeb/PR e secretária Geral da UGT-PARANÁ, Iara Freire

10alep-08.jpg

Presidente da Fetracoop, Clair Spanhol

10alep-09.jpg

O plenário da ALEP ficou lotado com dirigentes sindicais,
personalidades do mundo politico e lideranças sociais

 

Post Mario de Gomes
Em 8/03/2018
Fotos: MGS/UGT

Secretário de Comunicação UGT-PARANÁ
João Riedlinger